sexta, 30 setembro 2011 15:07

O Gari que encanta escrevendo nas areias em SC - Exemplo que contagia!

Written by

No dia-dia nos estressamos com tantas coisas complexas, e nos desiludimos por não ter o que acreditamos precisar para ser feliz, e esquecemos que a felicidade tem a ver com o bem estar. E para tal, esquecemos que podemos encontrá-las, ou ao menos, começar a construí-las a partir de pequenas coisas, e pequenos gestos. Conheçam um pouco da história e lição de vida que um simples gari, de 45 anos, nos remete com sua atitude diária.

Na Praia Central de Balneário Camboriú, diversos garis se dividem para manter a limpeza da mesma, porém na altura da Rua 2.000, um deles usa o rastelo e o sorriso largo para fazer mais que um trabalho. Todas as manhãs, um deles escreve na areia um enorme bom dia - trata-se de Cícero Martins. Segundo, a equipe do "Jornal de Santa Catarina" encontrá-lo para reportagem foi questão de minutos. A simpatia o denunciara.

O pagamento que recebe, tem o valor de sua alegria. O sorriso e retribuição de sua mensagem, por moradores e turistas que passam pelo local.

"Eu escrevo para animar. Às vezes vejo pessoas tristes pelos bancos da praia e acho que dessa maneira posso ajudar" - Disse ao Jornal Catarinense.

Também conhecido como Amarelinho, inspirado na cor do uniforme que ele usa para trabalhar, recebeu um abraço da turista de Londrina (PR) Maria de Lourdes, que de férias,  caminhava com o olhar vago em direção ao mar quando encantou-se pelo bom dia de Martins. Suas palavras refletem o que muitos sentem ao receberem ao se deparar com a mensagem:

"Achei fantástico. Eu li o bom dia em vários pontos da praia e fiquei imaginando quem seria a pessoa que fez isso. Com certeza este homem ama muito a vida " - opina emocionada".

Para o comerciante, Lauro de Menezes Andrade, 38 anos, Martins é um exemplo.

"Ele não ganha nada a mais para escrever o bom dia na areia. Daí a gente para pensar né? Tem dias que acordamos e nem damos bom dia para quem mora com a gente. Para mim foi uma lição" - revela. (Fonte: Jornal de Santa Catarina por Patrícia Auth)

É fácil entender, basta experimentar. Em uma caminhada, ou ao chegar a um lugar público, mesmo em casa, experimente dizer "bom dia" para as pessoas, cada uma delas, como se esse fosse seu desejo especial para elas. Se prepare por um retorno e satisfação.

Tudo na vida é relação. Ação e reação, enquanto culpamos algo, ou alguém por nossos fracassos, ou mau humor, fazemos o mesmo transmitindo para outras pessoas. Mas, se soubermos separar as coisas, e dar o que esperamos receber, você poderá sonhar e planejar, sem saber se no fim as coisas irão acontecer, mas ao acordar, terá dado a chance do dia ao menos começar,e terá semeado algo bom. Afinal, para se chegar algum lugar, o inicio é o primeiro passo. Ficar estagnado, de mau humor e retribuindo fracassos que não.

"Amarelhinho" pode não ter tudo, mas o suficiente para sorrir, e distribuir alegrias. Ao semear a alegria em desconhecidos que ali passam, ele pode estar mudando a vida de pessoas, que se permitem um novo dia a partir da mensagem na areia, e receber delas mais que o esperado, se é que ele espera algo, além, de transmitir sua mensagem. Já diz a filosofia que "a palavra mata", mas essa mesma também vive e renasce. Vigie as suas.

Bom dia, astralize hoje e sempre.

© 2008 Astraliza Entretenimentos. All Rights Reserved.

Please publish modules in offcanvas position.