×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

segunda, 19 dezembro 2011 20:36

Não é filosofia: Os benefícios do riso na saúde e bem estar

Written by

Crises econômicas, transformações ambientes, perturbação do ser humano – as três questões que tomam conta do cenário mundial. Jornais noticiando sobre essas questões é o que mais tem. É perturbador ler qualquer mídia hoje,  chega a dar medo de viver.

Mediante aos fatos, devemos nos preparar para o futuro, e mais que sobreviver – viver o nosso agora. Para isso é importante fortalecer nosso sistema imunológico e manter o nosso equilíbrio a cada dia.

Mas, em contrapartida à nossa realidade, perdemos cada vez mais as forças para solucionar ou enfrentar tais questões através de esforços pessoais e do comprometimento. Queremos fórmulas mágicas. Não vamos dizer que elas não existem, mas são tão simples que são ridicularizadas, ou desacreditadas. Está tão na nossa cara, que não vemos.

Um exemplo é o “rir”, de sorrir. Mas, estamos falando de problemas que só aumentam, e vamos pedir para “rir”? Sim, pois rir é algo simples.

O riso é o resultado de estimulação psicológica ou, mais raramente, física, que age como uma resposta física involuntária à um sentimento agradável.

O famoso médico Americano Hunter Adams chamado de "Patch Adams" (Filme Biográfico famoso) mostrou como a “Risotarepadia” - terapia do riso pode ser eficiente, já na década de 60, aplicando este método em hospitais e escolas. Ele observou o baixo estado de alegria e de humor em seus doentes. Então, resolveu introduzir a terapia do riso, ou seja, um descondicionamento de atitudes e hábitos prejudiciais enraizados na personalidade para viver com amor e felicidade; envolvendo auto-estima, amor próprio e o bom humor.

No Brasil essa teoria é revisada pelo médico Eduardo Lambert, especializado em terapias holísticas, autor do livro, A Terapia do Riso, Editora Pensamento.

Na Índia algumas empresas têm o costume de fazer uma sessão de riso antes de iniciar a jornada de trabalho. O resultado é um aumento considerável na produção, em decorrência do bem estar físico e emocional dos trabalhadores.

No final de novembro de 2010, estudo feito pelo Centro Médico da Universidade de Maryland (EUA), com a presença de especialistas de vários países, mostrou que rir protege contra infartos e doença coronárias.

Dr. Henry Rubinstein (autor de “Psychosomatique du rire” /“Psicossomáticas do riso") acredita que um minuto de riso equivale a 45 minutos de relaxamento.

Dr. William Fry (Psiquiátra, Universidade de Stanford, EUA) tem mostrado que um minuto de riso equivale a 10 minutos de remo, que é comparável a um excelente exercício aeróbico.

A grande risada envolve um exercício muscular involuntário, durante o qual expira o ar sem tomar fôlego. O esgotamento desse esforço resultaria na produção de endorfinas, disseram os pesquisadores.

Os grandes macacos também são capazes de rir, mas ao contrário dos humanos, eles respiram o ar da mesma maneira, enquanto riem.

O Riso e os efeitos no nosso organismo:

1 - massageia todos os órgãos abdominais e os pulmões

2 - nutre os músculos e acalma o sistema nervoso

3 - seguidores regulares da “risoterapia” descobriram que sofrem menos de resfriados, tosses e outras infecções pulmonares

4 -  Ajuda a sincronizar os hemisférios do cérebro. O hemisfério esquerdo é a sede da razão, lógica e análise, enquanto o lado direito do cérebro governa a criatividade, emoções, imaginação e risos.  É o equilíbrio entre os dois que facilita boas decisões e uma sensação de bem-estar.

5 - É um grande estimulador, suficiente para mandar uma ordem para o seu cérebro, a nível do hipotálamo, e sintetizar as endorfinas, mais precisamente as betas endorfinas, que são substâncias analgésicas similares as morfinas, mas com potência analgésica cem vezes maior. Estas substâncias são produzidas nas situações de riso, gargalhadas, alegria ou em toda a situação que te dá certo bom humor.

Logo, segundo essas informações e o médico Eduardo Lambert, o processo de cura está ligado às betas endorfinas porque elas melhoram a circulação, a pressão arterial, relaxam os vasos, melhoram as defesas orgânicas contra infecções e alergias. Ao rir você vai ter uma proteção cardiovascular, uma proteção vascular contra anginas, contra infartos, contra derrames e doenças vasculares. Não só a nível cardíaco como a nível cerebral. Porque o riso permite um relaxamento que ajuda a normalizar a respiração arterial. Se as pessoas tivessem o hábito de rir várias vezes ao dia, estariam amenizando a descarga de adrenalina no organismo e permitindo uma descarga de endorfinas.

E mais:

O humor e o riso promove as relações sociais e uma atmosfera descontraída;

O riso também é ótimo para pessoas com mobilidade reduzida, cadeiras de rodas ou acamados.

Então “Rir” irá melhorar:

- sua dor

- sua digestão

- sua reação ao estresse,

- sua aparência física,

- sua sexualidade,

- sua capacidade de trabalhar

- seu sistema imunológico

- a sua energia.


Não vale a pena rir  mais?

Dicas para rir mais:

- Esteja constantemente em grupo, é mais dificil rir sozinho;

- Leia piadas se for preciso, tire 10 minutos para ler algumas;

- Veja programas de tv e seriados cômicos;

- Lembre-se de momentos agradáveis ;

- Esteja na companhia de pessoais agradáveis e alegres .

- Tenha auto-estima e amor próprio, quem não sorri não se ama. Ame-se estime-se e valorize-se.

- Ao acordar chegue no espelho e dê uma olhada em você com amor, carinho e ternura e dê um sorriso de bom dia para você. Goste de você e valorize todas suas qualidades.

Se você tem dificuldades para rir, se amar, procure ajuda de um profissional.

Pessoas mal humoradas, impacientes, irritadas, contrariadas, rígidas (inclusive consigo mesmas) e autoritárias vivem num processo de tensão muito maior e esta tensão propicia uma descarga muito maior de adrenalina e conseqüentemente uma pré-disposição maior para acidentes vasculares como os infartos, as anginas e até os derrames.

Cuide-se, e comece sorrindo! Rir pode não ser o melhor remédio, mas o que faz rir ou o deixa propício para tal sim.

O que te faz rir ?

© 2008 Astraliza Entretenimentos. All Rights Reserved.

Please publish modules in offcanvas position.